fbpx

Blog

A vivência online tem vindo a crescer nas últimas décadas, e basta olhar para a realidade que vivemos em 2020 para perceber que a experiência de socialização humana mudou para sempre.

covid e marketing digital
Negócios

Ainda não utiliza Marketing Digital no seu negócio?

16 razões para começar agora, no rescaldo da pandemia

“O marketing é o processo pelo qual uma organização se relaciona criativa, produtiva e lucrativamente com o mercado, com o objetivo de criar e satisfazer clientes dentro dos parâmetros da organização” Phllip Kotler e Joanne Scheff

Se o marketing é um processo relacional, o marketing digital é esse mesmo processo, otimizado e adaptado à realidade do século XXI, em que nos encontramos constantemente conectados com pessoas, empresas e organizações online.

Tal como o tradicional, o marketing digital diz respeito à criação de relações. Trata-se de um processo social, interativo e participativo. Contudo, ao contrário do marketing tradicional, limites do seu alcance são praticamente inexistentes.

A vivência online tem vindo a crescer nas últimas décadas, e basta olhar para a realidade que vivemos em 2020 para perceber que a experiência de socialização humana mudou para sempre.

A pandemia de covid-19 veio acentuar esta tendência, em que tudo pode ser feito online. Se antes dividíamos as nossas experiências – trabalho, compras, convívio, entretenimento, informação, etc. – entre o online e o offline, estes últimos tempos comprovaram que não só é possível, mas, para muitos, é também conveniente e desejável, que todas estas áreas da vida sejam experienciadas através da internet.

Se ainda não tem marketing digital no seu negócio, é provável que, por esta altura, tenha começado a ver as suas vantagens. Mais do que nunca, é claro que o online, com os seus métodos e ferramentas, veio para ficar. O paradigma, que já vinha a alterar-se, solidificou, quando percebemos que podemos aceder a praticamente todas as áreas da nossa vida profissional e social sem sair de casa.

Se a comunicação online já era um eixo estratégico fundamental, utilizada por todo o tipo de empresas, marcas e organizações, hoje em dia mostra-se particularmente importante para empresas de pequena e média dimensão, para as quais se torna mais desafiante e dispendioso chegar ao público através dos métodos tradicionais.

Tanto a comunicação em meios online como em meios tradicionais deve ser cuidadosamente planeada e posta em prática, de forma a obter os resultados desejados. Qualquer que seja a sua área de atuação, seu negócio precisa, mais do que nunca, do marketing digital. Comece já a implementá-lo, para experienciar as seguintes vantagens:

 

1 – Conheça o seu público alvo

O público alvo é o seu cliente ideal. Aquele para quem o seu produto é mais apelativo e que terá mais probabilidades de o adquirir, assim que o conhecer. A definição do público alvo, quer diga respeito a uma marca, a um produto específico, ou a uma campanha publicitária, deve ser criteriosa e não dispensa conhecimento profundo sobre as características demográficas, psicográficas, hábitos de consumo, e comportamentos desse mesmo cliente. O marketing digital permite-lhe tomar conhecimento de todos estes fatores.

Hoje em dia, temos a possibilidade de uma interação sem precedentes. Quando anteriormente, podia apenas saber quem eram e onde estavam estes clientes, atualmente, com a utilização de ferramentas digitais, pode vir a conhecer os sentimentos, necessidades e desejos do seu público alvo e definir como pode satisfazê-los.

 

2 – Conheça os seus clientes

Os seus clientes são pessoas, e não devem ser reduzidos a números. Por estar assente em ferramentas que são, pela sua natureza, interativas, o marketing digital permite-lhe conhecer os seus clientes.

Assentar este conhecimento em analytics é um começo, já que poderá ganhar noções importantes acerca de volumes. “Quantas pessoas visitam a minha página por dia, quais os dias e a horas com mais afluência, etc.”. Contudo, o acesso às perceções, sentimentos, necessidades e desejos dos seus clientes é fundamental para garantir uma comunicação favorável.

Fazendo uso de outras metodologias de marketing digital, pode dar a oportunidade e incitar os seus clientes a reagir, responder, participar e, essencialmente, sentirem-se parte de uma comunidade criada em torno do seu negócio.

O digital permite-lhe uma proximidade sem precedentes e um conhecimento muito mais profundo do que gerado pelos métodos tradicionais, que pode alavancar para melhor atingir os objetivos específicos da sua empresa.

 

3 – Conheça a sua quota de mercado

O conhecimento da quota de mercado do seu negócio é extremamente importante. Existem novas ferramentas que permitem fazê-lo online e fornecer-lhe toda a informação de que necessita para planear os próximos passos da sua empresa.

 

4 – Conheça o seu impacto

O marketing digital permite-lhe obter os dados de que necessita, definir métricas adequadas e analisar a informação recolhida. Sendo possível medir fatores como o tráfico e calcular taxas de conversão, saberá facilmente se as estratégias que põe em prática estão a funcionar.

“Quem são as pessoas que visitam a minha página? De onde são direcionadas? Que percentagem de visitantes provenientes deste anúncio, que coloquei estrategicamente, compra produtos na minha página? Que produtos compram? Em que quantidade e com que frequência?”

As respostas a estas e muitas outras perguntas vão pôr a descoberto as fragilidades e os fatores de sucesso das suas estratégias e ajudá-lo a definir o que deve manter e o que pode alterar no futuro.

 

5 – Dê-se a conhecer

Qualquer negócio é constituído por pessoas. O marketing digital não só divulga os seus serviços e produtos, mas dá também um passo que é considerado por muitos teóricos do marketing, o fundamental do século XXI: permite-lhe humanizar o seu negócio.

Se os membros do seu público conhecerem bem a sua empresa, se identificarem com aquilo que oferece, bem como com a marca, e com a sua missão, haverá uma maior probabilidade de se converterem em clientes leais.

 

6- Crie uma relação

Sendo o marketing um processo relacional, é natural que este seja um passo importante também na componente digital. Se conhece o seu cliente e o seu cliente o conhece a si, é criada uma relação que não deve ser descurada.

Esta relação é importante em termos de comunicação e imagem, mas também lhe permite a implementação de estratégias, como sales funnels, em que aprofunda a relação com uma certa percentagem de clientes, que terão interesse em alguns dos seus produtos ou serviços de natureza mais premium, que podem não ser apelativos à totalidade da sua clientela.

Ao pensar os seus clientes como indivíduos, abre a porta a que a relação com cada um deles seja aprofundada, com benefícios para ambas as partes.

 

7 – Defina melhor o seu público alvo

É bastante provável que o seu negócio já tenha um público alvo definido. Contudo, se ainda não está a utilizar o marketing digital, também é provável que essa definição ainda se encontre algo limitada.

As ferramentas online permitem-lhe refinar a definição do público alvo e ir muito para além das características demográficas (o meu produto destina-se a jovens, do sexo masculino, entre os 18 e os 24 anos) e explorar as psicográficas (que pratiquem desportos radicais) até ao limite (que comprem regularmente snacks proteicos e tenham visto filmes de super-heróis no último ano)

Com o auxílio destas ferramentas, pode refinar e direcionar a sua mensagem sobre cada um dos seus serviços ou produtos a públicos diferentes, para quem são mais relevantes. Estas metodologias permitem-lhe ainda difundir essas mensagens nos locais onde as pessoas com quem quer comunicar se encontram. Existe uma enorme variedade meios de comunicação online, entre sites, plataformas, redes sociais, blogs, newsletters, etc., mas nem todas terão a mesma relevância para o seu público alvo e, por esse motivo, também não terão a mesma relevância para o seu negócio.

 

8- Vá ao encontro do cliente

Os seus clientes já estão online. As ferramentas digitais, permitem-lhe ir ao seu encontro nos “locais” que mais frequentam, aprofundando a relação e fazendo com que não se esqueçam que podem contar com o seu negócio, encontrá-lo e interagir consigo facilmente e em qualquer altura.

Além disso, o digital permite-lhe ir facilmente ao encontro dos seus potenciais clientes. A sua clientela leal está online, e o seu público alvo também. Uma estratégia bem definida terá em conta os comportamentos de cada segmento do seu público, para ir ao seu encontro de forma simples e eficaz.

 

9 – Chegue a uma audiência global

Atualmente não existem limites para o seu alcance. Enquanto que com os métodos tradicionais, chegar a audiências geograficamente distantes ou socialmente menos acessíveis, não é compensatório, as ferramentas digitais permitem que o seu negócio chegue onde e a quem quiser.

 

10 – Adapte a sua estratégia

Como já foi referido, o marketing digital fornece-lhe ferramentas para calcular a eficácia dos seus esforços de marketing. Ao colocar estas metodologias em prática conhecerá melhor os seus públicos efetivos e potenciais, saberá quais as plataformas mais desejáveis e terá um bom conhecimento do sucesso que as suas estratégias de comunicação e vendas terão em cada um dos esforços empreendidos.

Assim sendo, não só a obtenção de toda essa informação é célere, mas também a sua capacidade de adaptação o é. Pode adaptar-se rápida e facilmente à análise dos dados, ao feedback dos clientes e do público alvo, bem como aos avanços dos seus concorrentes, de forma a implementar novas e melhoradas estratégias com base em toda a informação recolhida.

 

11- Integre o digital com o tradicionallego marketing digital pandemia

A sua estratégia deve ser integrada, de modo a evitar a duplicação de esforços ou até mesmo a transmissão de mensagens ou imagens contraditórias acerca da sua empresa. A sua comunicação deve ser coesa em todos os canais utilizados, quer estes sejam online ou offline.

Cada canal permite comunicar de forma diferente e até dar a conhecer facetas variadas da sua empresa, mas a mensagem fundamental e a proposta de valor devem ser precisamente as mesmas. Tire proveito de todos os meios à sua disposição, mantendo o profissionalismo e solidez a que os seus clientes estão habituados.

 

12 – Seja competitivo

Os seus concorrentes estão online e os seus potenciais clientes também. Não ter uma forte presença online significa perder quota de mercado para negócios semelhantes ao seu, que tenham feito esse investimento e serão facilmente encontrados por quem procura produtos e serviços semelhantes aos que a sua empresa tem para oferecer.

Contudo, no que toca à competitividade, tal como no marketing tradicional a mera presença nos canais adequados não basta para atrair clientes e levá-los a interagir consigo e adquirir os seus produtos ou serviços. Já espreitou os seus concorrentes online? Em que plataformas estão? De que forma comunicam com os clientes? Que meios utilizam para o fazer? Como pode competir com eles?

Existem inúmeras formas de inovar e criar uma presença online dinâmica e participativa que pode explorar.

 

13 – Seja acessível

Uma das grandes vantagens de uma forte presença online é que os clientes podem vir até si das mais variadas maneiras. Ao implementar uma estratégia de marketing digital para o seu negócio, além de ir ao encontro dos clientes, vai criar caminhos para ainda mais poderem vir ao seu encontro. Existem diversas metodologias para gerar tráfico para o seu site, blog, páginas nas redes sociais, etc.

Outra das vantagens é que, no mundo online, não existem praticamente barreiras geográficas ou constrangimentos de horários. Mesmo quando não está presencialmente disponível, a sua empresa, produtos e serviços podem ser acessíveis possivelmente adquiridos de forma conveniente.

 

14 – Corresponda às expectativas

Os seus clientes já estão online e esperam encontrá-lo lá, com uma presença que reflita aquilo a que estão habituados a receber de si nos espaços mais tradicionais.

Não há melhor forma de ser conveniente para os seus clientes do que estar online. Se souberem que podem encontrá-lo com rapidez, comunicar consigo e adquirir os seus produtos ou serviços facilmente, sentirão confiança na sua empresa.

 

15- Estabeleça confiança no seu negócio

Como já foi referido, o seu público alvo está online. Se um potencial cliente tomar conhecimento do seu negócio pelos meios tradicionais, o seu próximo passo será procurá-lo online e, caso não o encontre, poderá questionar a legitimidade do seu negócio e escolher o seu concorrente. O espaço online permite, além da criação de relações próximas, o estabelecimento de confiança.

Uma das principais questões do marketing é o posicionamento. É sabido que se não posicionar a sua empresa de forma a que se criem as opiniões desejadas, o público fá-lo-á por si. Uma boa presença online projeta uma imagem de confiabilidade, modernidade e transparência.

 

16- Poupança

Nunca antes foi possível chegar a públicos tão vastos e diversificados, e de formas tão criativas. No entanto, muitas destas novas formas de o fazer

comportam custos mais baixos do que o marketing tradicional.

 

Estando estabelecida a importância da presença online, é importante perceber que esta deve ser pensada e estudada de forma estratégica. Esta deve ser adequada à sua área de atividade e criada de acordo com a imagem e mensagem que pretende transmitir acerca da sua empresa e de forma apelativa para os seus clientes e público alvo.

Os seus clientes estão online. O seu público potencial está online. Os seus concorrentes também. E o seu negócio? Porque é que ainda não está?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *