Blog

Aplique a estratégia adequada à sua empresa para crescer no mundo digital

CHITAS WEBSOLUTIONS
Negócios

Estratégias de E-Commerce para diferentes tipos de negócio

Na actual Era do Digital, as pessoas procuram cada vez mais fazer as suas compras no conforto
da sua casa, através da Internet, em detrimento de se deslocarem às lojas.

Neste sentido, a indústria do E-Commerce tem vindo a crescer gradualmente nos últimos anos
e, como empresa, tem de acompanhar esta tendência se deseja que o seu negócio se
mantenha relevante e competitivo.

Tendo em conta três modelos de negócio que têm proliferado no seio do E-Commerce – moda,
tecnologia, serviços – partilhamos consigo alguns pontos chave a ter em conta no
desenvolvimento da sua estratégia de E-Commerce.

 

Moda

1. Redes Sociais

Hoje em dia, ter apenas um site não adianta praticamente nada. Com as redes sociais a
dominar o mundo digital, as pessoas querem interagir com as suas empresas favoritas de
novas maneiras.

Apostar em redes sociais, como Instagram e Pinterest, permite que a sua empresa esteja
onde os seus potenciais clientes estão e interaja com estes de forma criativa. Não só
consegue expôr os seus produtos por intermédio de conteúdo visual, como também
consegue recolher informações relevantes sobre os gostos e hábitos de consumo dos seus
seguidores.

As redes sociais permitem ainda parcerias com Influencers de Moda e Lifestyle, que têm
uma maior relação de proximidade com as pessoas que os seguem, e a integração da
plataforma Shopify na sua estratégia, que lhe permite uma forma mais directa de vender os
seus produtos.

2. Optimização para mobile

Os smartphones evoluíram de tal forma que hoje em dia servem mais como ferramentas de
produtividade ou de consumo de mídia. Como tal, as pessoas cada vez mais usam o telemóvel
no seu dia-a-dia e isso garantidamente afetará positivamente o E-Commerce nos próximos
anos.

É essencial que o seu site esteja optimizado para todo o tipo de dispositivos, desde computador
a tablet e telemóvel. A navegação deve ser igualmente simples e fluida em todos os tipos de
dispositivos. Principalmente se quiser utilizar as suas redes sociais como ponte de acesso ao
seu site.

3. Search Engine Optimization (SEO)

Aplicável em qualquer modelo de negócio, sem qualquer dúvida, o SEO requer especial atenção
em modelos de negócio com elevada oferta no mercado, sendo a moda um desses modelos.

O SEO não é apenas importante para empresas de grande nome e deve ser uma grande parte
da sua estratégia de E-Commerce. Ao otimizar seu site com SEO, você garante que os seus
clientes conseguem realmente encontrar o seu site.

É imperativo garantir que as suas páginas usem a palavra-chave certa e incluam o conteúdo
certo para aparecer no topo dos resultados de pesquisa.

 

Tecnologia para o seu e-Commerce

1. Conteúdo Gerado pelo Consumidor (CGC)

A ideia do Conteúdo Gerado pelo Consumidor é simples: os consumidores publicam
conteúdo sobre o seu produto ou marca, por intermédio de blogs e redes sociais. É o
chamado Marketing boca-a-boca da era digital.

O conteúdo é gerado de forma orgânica e tem por base uma experiência positiva ou
negativa. Não obstante, O CGC pode ajudá-lo a obter mais leads para o seu site e,
consequentemente, potenciar as suas vendas.

Algumas formas de potenciar este tipo de conteúdo é através de concursos a incentivar os
utilizadores a mostrar o seu produto, questionar sobre oportunidades de melhoria, ou firmar
hashtags que os seus consumidores possam usar quando partilham as suas imagens.

2. Descrição de produto detalhada

A descrição de um produto é o mais próximo que um consumidor pode estar da experiência de
utilização. Tendo em conta que os produtos de tecnologia contêm cada vez mais
funcionalidades, as descrições devem ser de fácil interpretação e listar as principais
características que trarão valor ao consumidor aquando a sua utilização.

É crucial que estas descrições sejam acompanhadas de fotografias de alta qualidade e de vários
ângulos. A experiência visual pode ser chave para fechar a venda.

Não esquecer que as descrições servem também para trabalhar o SEO do site. Certifique-se
que os títulos das páginas, cabeçalhos e texto alternativo das imagens incluem as
palavras-chave pretendidas.

3. Reviews

Quando as pessoas compram produtos numa loja elas têm oportunidade de ver o produto na
primeira pessoa. Quando compram Online, a única coisa disponível são as fotos e descrição. É
neste sentido que as reviews ganham relevo no momento da compra.

Para além das reviews escritas pelos seus clientes, que devem ser habilitadas no seu site,
existem também as reviews feitas pelos Influencers de Tecnologia que, tal como os Influencers
de Moda e Lifestyle, têm um grupo de seguidores que respeitam a sua opinião.

As reviews ajudam as pessoas a tomar decisão no momento de compra, pelo que não devem
ser nunca descuradas, mas sim encorajadas e até patrocinadas.

 

Serviços

1. Checkout rápido

Apesar de muitos serviços vendidos online não se traduzirem em venda de produtos físicos, isso
não invalida que o processo de compra deve ser fácil.

Um dos maiores desafios do E-Commerce são os carrinhos abandonados. Se as pessoas
tiverem que passar por muitas etapas antes de inserir as informações de pagamento, o mais
certo é que desistam da compra.

Ofereça uma opção de registo automático usando as redes sociais, para uma experiência mais
conveniente e que não exija o preenchimento de formulário, permita que os clientes vejam o que
está no carrinho e facilite alterações de última hora.

Mantenha as coisas simples e verá que o volume de vendas será bem maior do que a
percentagem de carrinhos abandonados.

2. Feedback

As empresas tendem a falhar na sua estratégia de E-Commerce quando não ouvem o feedback
dos utilizadores. Este feedback não tem de ser necessariamente uma review sobre o serviço
contratado, pode ser somente uma dúvida sobre o próprio processo de compra.

Ao usarem o seu site, os consumidores têm uma experiência que pode ser positiva ou negativa.
Não desperdice a experiência dos consumidores e as suas sugestões para o seu negócio.

É preciso tomar atenção a tendências de feedback que possam indicar uma área a ser
melhorada.

3. Customer Service

Infelizmente, a Experiência do Cliente está a desvanecer rapidamente na era da Internet. Agora,
as pessoas interagem mais com o ecrã do que directamente com outras pessoas.

Procure dar prioridade à manutenção de linhas de contacto abertas aos seus clientes. Crie um
plano de atendimento ao cliente, com suporte por chat ao vivo ou métodos de contacto rápido
que preencham as lacunas entre o seu negócio e os clientes.

A Experiência do Cliente e o Serviço Pós-venda não devem de todo ser descurados, pois no
momento de dúvida, as pessoas procuram o contacto directo com outras pessoas de forma a se
sentirem devidamente informadas.

Conclusão

O E-Commerce é uma oportunidade incrível para as empresas potencializarem suas vendas,
mas o tamanho do mercado gera muita concorrência e muitas oportunidades de cometer erros.

Se está a iniciar a sua demanda no mundo digital, a escolha esmagadora que os consumidores
têm à sua disposição é o suficiente para congelar seus esforços no longo caminho que tem à
sua frente.

Terá que trabalhar de forma inteligente se quiser que sua estratégia de E-Commerce seja bem
sucedida. Contudo, apesar de não existirem regras pré-fabricadas para o sucesso, se seguir
estas dicas que sugerimos e que podem ser adaptadas a qualquer modelo de negócio,
garantidamente estará um passo à frente da concorrência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Usamos cookies para oferecer a melhor experiência on-line. Ao concordar em aceitar o uso de cookies de acordo com nossa política de cookies.

Privacy Settings saved!
Configurações de Privacidade

Quando visita qualquer site, é guardada alguma informação do seu browser, a maioria em forma de Cookies. Configure aqui as suas preferências relativamente aos Cookies.

These cookies are necessary for the website to function and cannot be switched off in our systems.

In order to use this website we use the following technically required cookies
  • wordpress_test_cookie
  • wordpress_logged_in_
  • wordpress_sec

Decline all Services
Accept all Services