fbpx

Blog

Encontre sucesso de vendas online fazendo o que os clientes esperam

Experiência de Utilizador
Boas práticas

A única regra a seguir quando criar um site

Um tema comum aquando o desenvolvimento de um negócio, seja ele digital ou físico, é a criação de uma estratégia digital forte, com um site próprio sólido, capaz de reter a atenção dos clientes e potenciar o crescimento da empresa.

Este passo tende a ser o momento da estratégia que mais dúvidas gera. Que plataforma vamos usar? Qual o layout mais adequado? Como deverá ser a Experiência de Utilizador? Devemos usar mais imagens ou ser mais descritivos? Qual o domínio mais indicado?

Um ótimo ponto de partida, para evitar fazer as escolhas erradas no que toca à criação de um site, é seguir o princípio de Experiência de Utilizador (UX) chamado de Lei de Jakob.

“Os utilizadores passam a maior parte do tempo noutros sites. Isto significa que os utilizadores preferem que o site funcione da mesma maneira que todos os outros sites que
eles já conhecem. Projete para padrões aos quais os utilizadores estão acostumados.”
– Jakob Nielsen, Cientista de Computação

Em poucas palavras, a Lei de Jakob diz que um site deve ser criado com base na experiência do utilizador e que a melhor maneira de o fazer é replicando outros sites.

 

Não interessa ser o primeiro na Experiência de Utilizador

Com o passar do tempo a tecnologia tem evoluído a um ritmo cada vez mais acelerado, tornando cada vez mais difícil a capacidade de resposta dos estudos de mercado. Isto leva a que muitos dos resultados apresentados sejam não mais do que estimativas com margens de erro mais amplas. Consequentemente as empresas têm adotado uma abordagem mais dura e rápida para resolver problemas e apresentar resultados.

Contudo, no que toca à criação de um site, a lógica já não se torna tão linear. Uma empresa até pode lançar um produto novo que quer comercializar no seu site, contudo o site em si não sofrerá alterações significativas na sua estrutura.

Tome-se o exemplo dos modelos de E-Commerce, onde cerca de 95% dos sites seguem o layout da Amazon:

  • Galeria de imagens, nome do artigos e preço à esquerda
  • Configurações e “Adicionar ao carrinho” à direita
  • Botão de chat no canto inferior direito
  • Carrinho no canto superior direito
  • Barra de pesquisa em cima
  • Descrição de produto e semelhantes em baixo

Esta é a estrutura que os utilizadores esperam quando navegam na Internet à procura de comprar artigos em lojas online. Desta forma, a sua empresa deve replicar a esta estrutura no seu site, se quiser começar a vender online.

Não vale a pena tentar ser o primeiro ou o próximo “grande inovador”, porque isso só vai atrasar o processo de criação do site e muito provavelmente irá colocar em risco o sucesso de vendas online.

Salte o passo do Brainstorm e procure o que os seus concorrentes estão a fazer dentro do seu nicho e tente fazer semelhante – sem nunca incorrer em plágio. Desta forma mais rapidamente consegue perceber o que funciona e o que pode ser melhorado, no sentido de atingir mais rapidamente os objectivos desejados.

Não há vergonha em ser segundo lugar no que toca ao lançamento do site. Embora não seja original no sentido de ser novo, certamente oferecerá uma experiência de navegação
melhorada e que ao mesmo tempo é familiar.

 

Não tente reinventar a roda

Se optar por seguir este método, lembre-se que a estrutura base funciona. Não há necessidade de reinventar a roda. O único foco é identificar pontos de melhoria e desenvolver o site nesse sentido.

Imaginemos que a Apple decide desenvolver um novo teclado, contudo o layout desse teclado é em ordem alfabética. Seria um produto conveniente para os utilizadores? A resposta é óbvia: ninguém se iria habituar e muito certamente isso teria um impacto negativo nas contas da empresa.

É nesta altura que ser previsível é importante e compensatório para a empresa. Mudanças básicas e que melhoram a experiência de navegação são sempre bem-vindas pelo utilizador. Contudo, quebrar por completo com a norma de funcionamento, é mais que suficiente para causar desconforto e desinteresse por parte dos utilizadores.

Os utilizadores gostam de poder antecipar como será a experiência de navegação porque baseiam sempre novas abordagens em experiências passadas que consideram semelhantes. Não esquecer que os utilizadores passam mais tempo noutros sites e por isso esperam que o site da sua empresa funcione da mesma forma.

O que interessa é simplificar e melhorar o processo de navegação, recorrendo sempre a traços de criação similares aos sites que os seus utilizadores possam já ter visitado.

 

Principais conclusões

  • Utilizadores valorizam experiências de navegação que lhe são familiares
  • Utilizadores têm expectativas baseadas em experiências de navegação anteriores
  • A navegação tem de implicar o menor esforço possível para que os utilizadores se
    foquem no seu objetivo
  • Conhecer os clientes e os concorrentes ajuda no desenvolvimento do site
  • Perceção de motivações e pontos de ruptura de experiência do cliente são cruciais
  • Ampliar a eficiência de solução já existente dentro do contexto de negócio

As pessoas tendem a desenvolver um gosto por coisas que lhes são familiares. Os utilizadores abordarão o seu site com expectativas formadas a partir da navegação de sites
similares.

Se falta criatividade durante o processo de desenvolvimento do site, basta analisar o que os seus concorrentes estão a fazer dentro do seu nicho de mercado. Tire notas e desenvolva
algo novo que o público já espera, mas com certeza vai gostar.

Evitar polaridade em relação à singularidade ou individualidade é essencial. Não copie outros sites cegamente ou desenvolva algo totalmente único. Encontre o equilíbrio perfeito,
entenda as motivações dos seus clientes e desenvolva o site que sabe que eles irão gostar e revisitar no futuro.

Precisa de ajuda com a sua Experiência de Utilizador ou está a pensar em criar um novo website? Entre em contacto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Usamos cookies para oferecer a melhor experiência on-line. Ao concordar em aceitar o uso de cookies de acordo com nossa política de cookies.

Privacy Settings saved!
Configurações de Privacidade

Quando visita qualquer site, é guardada alguma informação do seu browser, a maioria em forma de Cookies. Configure aqui as suas preferências relativamente aos Cookies.

These cookies are necessary for the website to function and cannot be switched off in our systems.

In order to use this website we use the following technically required cookies
  • wordpress_test_cookie
  • wordpress_logged_in_
  • wordpress_sec

Decline all Services
Accept all Services